Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Na última semana, buscas por Coronavac e AstraZeneca no Google disparam e crescem mais de 400%


 Há uma semana, desde que o uso emergencial das vacinas Coronavac e AstraZeneca, ambas contra a Covid-19, foi autorizado pela Anvisa, os olhos do Brasil se voltaram para as cerimônias de aplicação dos imunizantes, que teve início em São Paulo. Com isso, cresceu também as dúvidas da população quanto à eficácia das doses e outras questões ligadas aos laboratórios.

De acordo com dados do Google Trends, coletados na manhã desta segunda-feira (25) pelo BNews, a Bahia já elegeu a Coronavac como a favorita, que teve, no período, procura de 90% dos usuários do site de busca no estado, contra 10% do imunizante da Oxford. Em Salvador, a divisão foi de 96% de interesse na vacina do Butantan e apenas 4% nas doses da AstraZeneca.

Na variação entre 16 e 17 de janeiro, a vacina do Butantan teve alta de procura de 456%, enquanto a da AstraZeneca cresceu 400%. As altas foram puxadas, principalmente, pelas buscas feitas no Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Sergipe e Maranhão.

Entre as principais dúvidas dos usuários do Google no período estão questões relacionadas aos insumos para a produção das vacinas, especialmente a Coronavac, além de dúvidas quanto à eficácia e a forma de produção de cada imunizante.

A Bahia recebeu, neste domingo (24), 119,5 mil doses do imunizante desenvolvido pela universidade de Oxford, em parceria com a biofarmacêutica AstraZeneca. Já na última segunda (18), o estado recebeu 376,6 mil doses da Coronavac. O quantitativo alcança menos de 250 mil pessoas, o que não é suficiente para incluir outro grupo na vacinação.

Nenhum comentário