Notícias

Subsecretária da saúde alerta para os riscos das aglomerações entre familiares neste fim de ano



 A subsecretária da saúde do estado, Tereza Paim, acredita que “muito provavelmente as pessoas vão ignorar o coronavírus e vão se aglomerar com seus familiares” neste fim de ano. Ela alerta para os riscos desse tipo de comportamento diante da pandemia e chama atenção também para o crescimento do número de casos no estado.

Rui Costa admite 2ª onda de Covid-19 

O governador Rui Costa admitiu que a Bahia enfrenta uma segunda onda de contaminação da Covid-19. “Nós estamos já vivendo o que a gente poderia classificar de uma segunda onda de Covid. Semana passada eu fui perguntado sobre isso e respondi que ainda, dado o volume, não poderíamos classificar, mas ao longo da semana passada inteira, a taxa de contaminação se manteve alta, e se manteve alta em todas as regiões do estado. Tanto é que isso já trouxe reflexo no aumento do número de óbitos”, disse Rui.

A principal medida recente, adotada pelo governador, para frear a pandemia da Covid-19 foi o decreto que proíbe a realização de festas até janeiro. Nesta segunda, Rui Costa criticou e fez um apelo aos jovens que estão promovendo aglomerações, principalmente aos finais de semana.

Por causa do novo aumento da necessidade de leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para tratamento dos casos graves da doença, o governo da Bahia anunciou a reabertura de mais leitos nesta segunda.

Recomendações para o verão:

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) também emitiu uma lista de recomendações para que o verão seja mais seguro, como por exemplo: distanciamento de dois metros entre mesas de bares e restaurantes.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();