Notícias

Prates resiste em ficar na Prefeitura de Salvador; secretário quer sair da Saúde


 O secretário Leo Prates (PDT) não quer mais fazer parte da Prefeitura de Salvador a partir de 2021 e tem externado isso nos bastidores, segundo o BNews apurou. Mas, se tiver que ficar, que seja fora da Secretaria de Saúde. O deputado estadual licenciado aguarda uma conversa definitiva com o prefeito eleito Bruno Reis (DEM) para externar o posicionamento.


Corre nos corredores a informação de que há uma forte pressão do DEM para o gestor se manter no Palácio Thomé de Souza e permitir que Carlos Geilson (Podemos) volte à Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). O suplente negociou com Zé Ronaldo (DEM) a vaga no parlamento ao apoiar o prefeito de Feira de Santana (BA), Colbert Martins (MDB), no segundo turno.

Vale lembrar Prates assumiu Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza e em seguida a Saúde, a contragosto, em 2019. Ele nem sequer teve tempo de esquentar uma das cadeiras do parlamento. Já sabendo que poderia ser puxado para o Palácio Thomé de Souza, protocolou no primeiro dia de mandato na AL-BA 61 proposições, sendo 30 projetos de lei e 31 projetos de indicação.  

Durante a gestão na Saúde, Prates teve papel de protagonismo ao coordenar diversas ações de combate contra a Covid-19.

Leia também:
Vereadores não eleitos podem ser "salvos" por Bruno Reis em Salvador; entenda   /Por: BNews/Arquivo  Por: Henrique Brinco

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();