Notícias

PF suspende carta de vigilante de segurança que agrediu homem no Carrefour


 A Polícia Federal vai suspender a carteira nacional de vigilante do segurança que foi filmado espancando  um homem negro no estacionamento do supermercado Carrefour, em Porto Alegre. As informações são do portal UOL da tarde desta sexta-feira (20).

João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi morto na noite da última quinta-feira (19) após ser agredido pelo segurança e por um PM temporário. O registro do crime viralizou nas redes sociais, e provocou manifestações de repúdio.

Por meio de nota, a PF afirmou que um dos homens envolvidos nas agressões é vigilante profissional, com Carteira Nacional de Vigilante - autorizado a abordagem ativa de contenção. Porém, não há registro na Polícia Federal de seu vínculo com a empresa.

“A Carteira Nacional de Vigilante, documento expedido pela Polícia Federal, será suspensa", avisa o texto. O outro homem envolvido na ocorrência, por sua vez, não possui a CNV. Ainda segundo a polícia, a empresa de segurança contratada pelo supermercado está com o cadastro regular na Polícia Federal e foi fiscalizada em 28 de agosto deste ano.

Na ocasião, não foi identificada irregularidades em seu funcionamento. Também segundo o portal, devido ao ocorrido, uma fiscalização extraordinária será feita na empresa de segurança pela Polícia Federal. Caso seja confirmadas irregularidades, a Polícia Federal poderá autuar a empresa e suspender a autorização de funcionamento. / Por: Reprodução 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();