Notícias

Luís Eduardo Magalhães 2024: Veja as propostas dos candidatos à Prefeitura para área da Emprego e Renda


 Localizada no Oeste do Estado, Luís Eduardo Magalhães conta com população estimada de 90.162 pessoas. Parte desse grupo irá às urnas no próximo domingo (15) para escolher seu próximo prefeito. Na disputa, o atual prefeito Oziel Oliveira (PSD) busca mais um mandato contra os candidatos Júnior Marabá (DEM) e Comandante Rangel (PL).

BNews procurou cada um dos postulantes ao cargo mais importante da política municipal para realizar a mesma pergunta: 

Caso eleito, considerando que 2024 seria o seu último anos como prefeito neste mandato, o que encontraremos em Luís Eduardo Magalhães daqui a quatro anos, realizado pela sua gestão, nas áreas da Saúde; Educação; Segurança Pública; Emprego e Renda; Mobilidade e Infraestrutura; e Cultura e Turismo?

Essa é a quarta publicação da série Luís Eduardo Magalhães 2024, com as principais propostas dos candidatos a prefeito do município para a área da Emprego e Renda.

Oziel Oliveira (PSD)

“A geração emprego e renda sempre foi a espinha dorsal do nosso projeto de desenvolvimento para Luís Eduardo. Tanto é que uma das primeiras grandes decisões que tomamos na fundação do município foi a criação do Centro Industrial do Cerrado (CIC). Desde então trabalhamos para atrair investimentos do mundo inteiro. Mesmo depois de 8 anos sem nenhuma nova empresa instalada conseguimos devolver ao CIC as condições necessárias para atração de novos investimentos. Só nesse mandato foram 20 novas empresas instaladas, com cerca de 160 milhões de reais aplicados e 1800 empregos gerados. A cidade está borbulhando de oportunidades e a tendência é só aumentar. Depois de muito trabalho junto ao governo do Estado conseguimos criar o Polo Têxtil aqui em Luís Eduardo, que vai revolucionar a cadeia produtiva do algodão na região. Estamos novamente nos trilhos do desenvolvimento e quem vai colher esses frutos é a população luiseduardense.”

Júnior Marabá (DEM)

“Para falar em geração de emprego, temos que olhar para a nossa juventude e qualificá-la para o mercado de trabalho. Vamos implantar ações que busquem identificar a vocação e o perfil dos nossos jovens. Eu vou, através do Projeto Capacita Jovem, treinar e capacitar essa nova geração e, através do Projeto Qualifica, dar qualificação rápida, através de oficinas, cursos e workshops, visando despertar o empreendedorismo, a atração de novas tecnologias e o desenvolvimento da economia criativa. O Selo Amigo da juventude, que será uma Parceria Público Privado que visa a contratação destes jovens que concluíram os nossos Projetos.
Iremos também criar o Setor Médio Industrial, onde iremos buscar parcerias com o Estado, e empresas privadas, para instalação de um novo polo industrial voltado para a área têxtil e de confecção, já que somos um dos maiores produtores de algodão do Brasil.”

Comandante Rangel (PL)

“Investimentos junto às secretarias de Ciência e Tecnologia, Educação e Agricultura para promover escolas agrotécnicas a fim de preparar os jovens para o mercado de trabalho voltado ao agro.
Dar reais condições para os pequenos empresários reabrirem seus comércios prejudicados pela pandemia, bem como auxiliá-los nos primeiros meses de abertura.
Criar incentivos fiscais para grandes empresas que possuem intenção de se instalar em nosso município, fazendo com que abriguem nossos cidadãos com bons empregos.” 


Por: Reprodução/BNews  Por: Marcos Maia

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();