Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Ex-prefeito de Conquista, Guilherme Menezes aponta união de siglas e voto de legenda como fatores que elegerão Zé Raimundo


 O ex-prefeito de Vitória da Conquista por quatro mandatos, Guilherme Menezes, avalia que o segundo turno na Suíça Baiana será um confronto de legados, entre os 20 anos de gestão do Partido dos Trabalhadores (PT) e os quatros anos do Movimento Democrático (MDB) na cidade. 

Em entrevista ao BNews, Menezes citou o “orçamento participativo” e a “atenção aos mais de 300 povoados e distritos” como alguns legados petistas, que pontua terem sido “abandonados” pelo atual prefeito Herzem Gusmão (MDB). O ex-gestor de Conquista criticou o trabalho de Gusmão (MDB), que segundo ele é mais “propaganda” do que realizações. 

O petista aponta o apoio de outros partidos e o voto de legenda como dois fatores que irão contribuir para escolha de Zé Raimundo (PT) como prefeito de Conquista.

“Espero que a população de Conquista, que é uma população politizada, escolha o melhor projeto. Tem vários partidos que tiveram candidatos próprios e já vieram para Zé Raimundo no segundo turno. O voto de legenda no primeiro turno foi muito alto, e essas pessoas vão definir hoje pelo 13. A expectativa é que Vitória da Conquista escolha esse projeto de desenvolvimento, de inverter prioridade e de estar atento a quem mais precisa do poder público”, destacou Guilherme Menezes.    / Por: Rafael Melo  Por: Pedro Vilas Boas e Raul Aguilar

Nenhum comentário