Notícias

Vídeo fake de criatura assustadora circulando no Sul da Bahia viraliza; assista


Os grupos de WhatsApp dos moradores de Ilhéus e Teixeira de Freitas, bem como as redes sociais, foram inundados com vídeos que mostram uma criatura estranha e gigante andando nas ruas dos municípios do sul baiano.
De acordo com os relatos, o monstro teria sido visto em frente a um Sesi, após ter saída da fazenda de um homem chamado Abdala, em Ilhéus. Outros depoimentos narraram que a criatura se assemelhava a um gafanhoto ou grilo gigante.
No vídeo é possível ouvir um homem dizer que o aparecimento da criatura assustadora seria um sinal do fim dos tempos. No entanto, apesar de todo o alarde e pessoas jurando de pé junto que viram a monstruosidade, o vídeo é falso.
Além de Ilhéus e Teixeira de Freitas, relatos também apontavam que a fera havia sido vista perambulando em Fortaleza (CE) e João Pessoa (PB). O veredito de que se trata de obra de computação gráfica foi dado pelo site Boatos.org, especialista em investigações deste tipo.
Segundo o site, “fake news que se utilizam de “aparecimento de criaturas estranhas” em vídeo (sempre gravados em péssima qualidade) é mais do que comum na internet”. Além disso, “o animal é visto em diversos ângulos e em nenhum momento há surpresa ou medo por parte de quem filma (que sequer treme a imagem)”.
“Para além disso, o movimento do bicho (sempre uniforme, inclusive com o ritmo do rabo balançando) e a imagem (que está nitidamente deslocada do cenário) entregam que se trata de uma montagem”, esclareceu.
O mesmo vídeo já circulou nas redes sociais em árabe, o que mostra que não foi apenas no Brasil que a fake news viralizou. Apesar disso, até então não é possível saber quem criou o conteúdo. /Por: Reprodução  Por: Redação BNews 
Assista: 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();