Notícias

Prefeitura e governo estudam transformar leitos de Covid-19 em leitos de atendimento de outras comorbidades


Os leitos de UTI inaugurados durante a pandemia para atender apenas pacientes infectados pelo o novo coronavírus podem ser convertidos em leitos de atendimento a pacientes com outras comorbidades. A conversão, no entanto, carece de uma análise técnica. O assunto está sendo discutido entre a prefeitura e o governo do estado.
Na manhã desta quinta-feira (3), durante inauguração do terceiro elevado do BRT, o prefeito ACM Neto avisou que qualquer decisão dessa natureza só será tomada em conjunto, mas que a possibilidade existe diante da queda da taxa de contaminação e dos atendimentos nos hospitais de campanha. 
Ele informou também que, nesta quarta-feira (2), apenas cinco pacientes com o vírus que deram entrada nas Unidades de Pronto Atendimentos (UPAS) foram transferidas para leitos de UTI. No pior da pandemia, a gestão chegou a transferir 60 pessoas. 
"Tivemos uma folga nos leitos de Covid-19, mas ainda existe uma demana de pacientes que precisam de internamento hospitalar e que estão com outras comorbidades. Então, as duas equipes estão conversando e vão trazer a análise para mim e o governador. Não acho que seja o momento de desmobilizar os hospitais de campanha, acho que deveriam continuar funcionando, mas se a secretaria de saúde municipal e estaudal estabelecerem que o caminho é esse, vamos começar a transformar em hospitais regulares", comentou Neto. / Por: Heudes Regis/SEI  Por: Redação Bnews

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();