Notícias

Na ONU, Bolsonaro culpa STF, governadores e imprensa pelo pânico criado por causa da da pandemia


 

Em seu discurso de abertura da Assembleia Geral das Organizações das Nações Unidas (ONU), nesta terça-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro culpou a determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) de delegar para os governadores as medidas de combate a pandemia e a imprensa pelo pânico, conforme elencou, criado durante a pandemia do novo coronavírus. Para o chefe do Executivo, a imprensa politizou o coronavírus e disseminou o pânico entre a população. O discurso foi transmitido através da TV Brasil. / Por: Reprodução / TV Brasil 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();