Notícias

Luiz Fux toma posse como presidente do Supremo para o biênio 2020-2022


Os ministros Luiz Fux e Rosa Weber tomaram posse dos cargos de presidente e vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) para o biênio 2020-2022 na tarde desta quinta-feira. Eles também assumiram os mesmos cargos no Conselho Nacional de Justiça.
Ambos assinaram seus termos de posse durante cerimônia presencial na sede da corte, com as presenças dos presidentes da República, da Câmara e do Senado - Jair Bolsonaro (sem partido), Rodrigo Maia (DEM) e Davi Alcolumbre (DEM), respectivamente. 
O ministro Marco Aurélio, decano presente na cerimônia, falou em nome do Supremo. Ele lembrou que a constituição rege o período democrático mais longo de democracia na história do País, e que o Supremo é um dos protagonistas no papel de interpretar a carta magna - "por todos os juízes do País".
Em momento diretamente voltado  a Bolsonaro, o ministro pediu a Bolsonaro que busque corrigir as desigualdades sociais que "tanto envergonham o país". "Vossa excelência foi eleito com mais de 57 milhões de votos mas e presidente de todos os brasileiros", disse. 
Até o final de seu mandato, Bolsonaro terá o direito de indicar o substituto de Aurélio que - assim como o decano Celso de Mello - será aposentado compulsoriamente em breve , quando  atingir os setenta e cinco anos de idade.
Aurélio elogiou os empossados, dizendo que estes engrandecem o Poder Judiciário, e lembrou que cabe ao presidente da Corte cuidar da harmonia entre poderes, atuando sempre com “responsabilidade e independência”. 
O Ministro avaliou que o País vive tempos "estranhos", em menção aos efeitos da pandemia do novo coronavírus e da crise econômica. "No meio dos flagelos, há nos homens mais coisas para admirar que coisas para desprezar", parafraseou o escritor Albert Camus.
Por fim, aurélio desejou sorte e felicidade aos empossados. /Por: Rosinei Coutinho/SCO/STF  Por: Redação BNews

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();