Notícias

Homem que espancou blogueira trans é reconhecido pela vítima através de fotos na delegacia


O homem que agrediu a blogueira trans Alice Felis e destriu o seu apartamento em Copacabana, no Rio de Janeiro, na madrugada do último domingo, foi reconhecido pela vítima. A modelo fez a identificação através de fotos na 13ª DP (Copacabana), onde o caso foi registrado.
Segundo informações da advogada de Alice, Feh Oliveira, divulgadas pelo G1, o suspeito  deve responder por tentativa de latrocínio, já que além das agressões, que resultaram em nariz e maxilar quebrados, Alice também teve uma quantia em dinheiro, levada pelo agressor.
"Ele já tinha passagem pela polícia por furto, por roubos. É uma pessoa conhecida em Copacabana, acostumado a aplicar golpes em travestis, em transsexuais. Então, a partir do momento que ela fez o reconhecimento, a delegada solicitou a prisão provisória dele", explicou a advogada.
Em entrevista à TV Globo, a blogueira relembrou dos momentos de terror que passou. "Ele pegou no meu pescoço, me jogou no chão e foi me arrastando. Dali, começou a me bater, me esmurrar, me dar soco, me xingar. Ele quebrou meu maxilar, o meu nariz. Estou com a boca costurada, tive ponto. Ele tentou me esfaquear. Foi bem constrangedor, bem difícil, mesmo".
A agressão a Alice foi parar nas redes sociais. Artistas mostraram solidariedade à modelo. O  youtuber Felipe Neto, através do Twitter, pediu ajuda dos seus seguidores para contribuir na vaquinha virtual da modelo. A cantora Preta Gil e a atriz Kéfera também mostraram solidariedade.

Por: Reprodução / TV Globo 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();