Notícias

Twitter admite que ataque a perfis de famosos teve a participação de funcionários da rede social


O Twitter admitiu, neste sábado (18), que funcionários da rede social ajudaram os autores dos ataques a contas de políticos e celebridades. Os hackers conseguiram sequestrar 45 perfis. 
A companhia informou que os invasores "manipularam com sucesso um pequeno grupo de empregados e usaram suas credenciais para acessar sistemas internos". Eles tentavam acessar um total de 130 contas.
Dentre as personalidades que tiveram os perfis hackeados estão o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, o candidato presidencial Joe Biden, o fundador da Amazon, Jeff Bezos, e o criador da Microsoft, Bill Gates.
Os invasores enviaram mensagens através das contas hackeadas, estimulando que os inscritos mandassem bitcoins (criptomoeda) em troca do dobro do valor enviado. Segundo o Uol, sites especializados notaram cerca de US$ 100 mil enviados (R$ 535 mil). Contudo, não foi possível rastrear os destinatários.
Para conseguir acessar as contas e ainda baixar os dados, os hackers passaram pela autenticação dupla, que vai além da senha. O ataque gerou um debate sobre a segurança das plataformas digitais.
O FBI abriu uma investigação. As autoridades temem a invasão à conta do presidente Donald Trump, que possui mais de 83,5 milhões de inscritos e é utilizada pelo político para fins diplomáticos.  / Por: Divulgação 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();