Notícias

Servidores da CMS podem renegociar dívidas com carência de 90 dias para pagar 1ª parcela


O partir deste mês de julho, os servidores da Câmara Municipal de Salvador podem renegociar as dividas com carência de 90 dias para o pagamento da primeira parcela dos empréstimos consignados.
O benefício foi concedido após intermédio da Diretoria Administrativa com o banco responsável, a pedido do presidente da CMS, Geraldo Júnior (MDB), como forma de ajudar os servidores prejudicados pela pandemia de Covid-19.
“Preocupado com a saúde financeira dos nossos servidores determinei à Diretoria Administrativa que intermediasse uma negociação com o banco, para que fossem mitigados os efeitos da crise  da pandemia nas famílias dos servidores de nossa Casa. Com isso, conseguimos adiar a cobrança dos consignados com uma  carência de 90 dias no pagamento das prestações mensais", destacou o vereador.
O banco que atende os servidores da Casa já disponibilizou em seus canais de comunicação como pode ser feita a renegociação ou contratacação, já com as regras do benefício.
Geraldo Júnior tem cobrado ainda à Federação Nacional dos Bancos (Fenabran) a suspensão da cobrança dos empréstimos dos servidores municipais. Ele ainda fez uma solicitação aos senadores baianos para que pressionem as instituições financeiras a compensarem os altos lucros. /Por: Antônio Queirós/CMS  Por: Redação BNews

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();