Notícias

MP denuncia deputado e chefe de gabinete do governo Witzel por suposto desvio de R$ 1 milhão em “rachadinha”


O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) denunciou ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), que o deputado estadual Márcio Pacheco (PSC), ex-líder do governo Witzel na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), teria desviado, por meio de “rachadinha” mais de R$ 1 milhão entre os anos de 2016 e 2019. 
A denúncia também afirma que o chefe de gabinete do parlamentar, André Santolia, pagou pelo menos R$ 119,9 mil em despesas pessoais do deputado, incluindo mensalidades escolares dos filhos, parcelas de financiamento de imóveis, aluguel e condomínio. 
Ambos foram denunciados, além de outros dez assessores, por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.
Procurado pelo jornal O Globo, nesta terça-feira (7), Márcio Pacheco disse que recebeu com "estranheza e indignação" a notícia sobre a denúncia. 
O deputado negou a prática de “rachadinha” em seu gabinete e garantiu ser uma pessoa de posses modestas, que vive em imóvel alugado. Ele afirmou também que afirmou se colocou à disposição das autoridades e antecipou a quebra de sigilo dos dados bancários. /Por: Divulgação 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();