Notícias

Ministro da Saúde e general da ativa, Pazuello diz desconhecer AI-5: "Não sei nem o que é"


Ministro inteirino da Saúde e gerenal Eduardo Pazuello disse em entrevista à Veja desconhecer o Ato Institucional n°5 (AI-5), decreto responsál pelo período mais repressivo da Ditadura Militar no Brasil (1964-85).
Nascido um ano antes do golpe milita de 64, Pazuello defende que o assunto fique no "passado" e que a história faça o julgamento.
“Nasci em 1963, não sei nem o que é AI-5, nunca nem estudei para descobrir o que é. A história que julgue. Isso é passado, acabou”, disse Pazuello.
Sobre o risco à democracia em 2020, para o inteirino na pasta, as manifestações pró-Bolsonaro que incluíram ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) são exemplos de que ela está "em sua plenitude".
Quanto à recente declaração do ministro Gilmar Mendes, que teria colocado pressão para a efetivação de outro nome no cargo ocupado pelo general, Pazuello garante não ter se incomodado. No entanto, admitiu que foi dito por "uma pessoa que não precisava falar isso", em referência ao alerta do ministro sobre o risco do Exército estar "se associando a um genocídio" diante das milhares de mortes no Brasil e da militarização da pasta.
“Foi uma conversa muito mal colocada, atravessada, num momento errado e de uma pessoa que não precisava falar isso. Mas eu e o ministro Gilmar já conversamos”, declarou. / Por: José Dias/PR 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();