Notícias

Valdenor Moreira Cardoso vai ocupar a cadeira deixada por Carlos Geilson no Conquali


O governo Rui Costa (PT) nomeou o ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Salvador, Valdenor Moreira Cardoso, que ocupa a cadeira na Ouvidoria Geral do Estado deixada por Carlos Geilson, para compor o Conselho de Qualidade do Serviço Público (Conquali).
O ex-vereador, nomeado à Ouvidoria no último dia 3 de junho, já teve as contas rejeitadas durante todo o período em que esteve à frente da CMS, tendo sido julgado por dezesseis vezes pelo Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA), o que levou a uma obrigação de ressarcir o erário em R$ 8,6 milhões.
O TCM-BA já condenou Valdenor pela pela ausência de comprovação da publicação de matérias publicitárias pagas, no valor de R$ 1,6 milhões, e pelo atraso no pagamento de contas de consumo referente ao exercício de 2008, com condenação de multa de R$ 15 mil. 
Além disso, o tribunal condenou o ex-presidente da CMS ao pagamento de dezesseis multas impostas após condenação na Corte, no montante de R$ 240 mil, além da ressarcimento ao erário, com recursos próprios, no valor de R$ 8,6 milhões.
No período em que esteve na presidência, Valdenor também foi condenado pela locação de 46 veículos pela Câmara de Salvador, bem como por irregularidades identificadas na realização de despesas para aquisição de vales-refeição.
Ele ainda foi denunciado por  irregularidades na compra de painel eletrônico instalado na sede CMS, em 2005, e na contratação direta de serviços educacionais com a Universidade do Estado da Bahia (UNEB). /Por: Reprodução 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();