Notícias

Quatorze idosos de um asilo em Itaberaba testam positivo para novo coronavírus



A associação Lar dos Velhos, localizado em Itaberaba, região Centro-norte, sofre com um surto de contaminação do novo coronavírus. 14 idosos e sete funcionários do local testaram positivo para doença. A cidade teve um salto significativo no número de casos no últimos dias, preocupando a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Por lá, são 40 casos ativos e dois óbitos, de acordo com informações do último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura na noite do domingo (31).
Em nota, a prefeitura confirmou o avanço do vírus e emitiu um comunicado nas redes sociais informando que apenas um paciente do lar apresentou sintomas gripais. Os demais permanecem assintomáticos. O secretário municipal de Saúde, João Rodrigues, destacou que as pessoas que tiveram contato direto com os pacientes estão sendo monitorados pela equipe de Vigilância do município.
Os casos positivos do lar vieram à toa só depois do Ministério Público da Bahia (MP-BA) solicitar a prefeitura a testagem em todos os idosos e funcionários que fazem parte do espaço de acolhimento. No total, 75 pessoas realizaram o teste de detecção. Em um documento emitido pelo MP-BA e que o Bnews teve acesso, o órgão pede ajuda a prefeitura e ressalta que o número de contaminados pode ser maior.
"Nesse momento, a entidade Lar dos Velhos necessita de mais apoio do poder público municipal, mormente a respeito de aquisições de EPI'S, reposição de funcionários, desinfecção do local e médico para avalição dos idosos em monitoramento (...) O Lar vem à público informar que está tomando todas as cautelas necessárias, sem esquecer do seu maior compromisso humanitário, qual seja, cuidar se zelar, com destreza, pelos direitos dos nossos idosos", diz trecho do documento assinado pela diretora do Lar, Sandra Oliveira e pelo defensor público Weligton Lisboa Ribeiro.
Alerta
No mês passado, durante uma live, o governador Rui Costa (PT) já havia chamado atenção para o avanço da doença no município. Na ocasião, ele informou que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) seria usada exclusividade para atender casos da covid-19, além da implantação de novos leitos de UTI em um hospital particular.  "A cidade que entrou no nosso radar com a luz vermelha foi Itaberaba, na Chapada Diamantina. Tinha pouquíssimos casos e, nos últimos dois dias, deu explosão", disse.
Além do Lar dos Velhos, há outras duas instituições privadas de acolhimento. O prefeito Ricardo Mascarenhas (PSB) informou que realizará testagens em idosos e profissionais do locais nos próximos dias. "A prefeitura dará todo o suporte necessário. Já encaminhamos os EPI'S para lá e, mesmo sendo privado, damos assistência de médicos e dentista há três anos. Nos próximos dias, vamos fazer testagem com outros dois espaços. Todos os pacientes que testeram positivo estão clinicamente estáveis, sem risco", informou.
Comércio
Itaberaba passa por uma reabertura gradual das atividades comerciais desde o dia 27 de março, quando clínicas médicas, odontológicas e veterinárias voltaram a funcionar, assim como academias, hotéis e bares - até às 23h. Diante do novos casos, Ricardo não pretende recuar da decisão da retomada da economia. 
"O comércio vai permanecer aberto porque foram casos localizados, da instituição em si. Vamos manter [o funcionamento] com as medidas sanitárias . Os comerciantes estão tomando as medidas, mantendo o afastamento dos clientes, permitindo a entrada apenas de máscara e o uso do álcool gel. Gera um desespero da população, mas vamos ter que conviver com o vírus, com um dois, três casos por dia, porque o vírus está aqui, está em todo o lugar", disse o gestor. /Por: Reprodução/Google Maps

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();