Notícias

PGR envia parecer ao STF defendendo volta de Ramagem à Abin


A Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminhou um parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) defendendo a legalidade da volta de Alexandre Ramagem para o cargo de diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).
Ramagem havia sido exonerado do cargo pelo presidente Jair Bolsonaro, para ser nomeado diretor-geral da Polícia Federal, mas teve a nomeação barrada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, após as acusações do ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, de que Bolsonaro estaria tentando interferir na PF.
Segundo o procurador-geral, Augusto Aras, como a nomeação para a PF não foi realizada, Ramagem deveria voltar para o cargo na Albin.
A decisão foi questionada por parlamentares do PSB, que estraram com recurso no STF alegando que Ramagem deve passar pela aprovação do Senado para ocupar novamente o cargo.  / Por: Agência Brasil 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();