Notícias

Operação da PF investiga desvios de recursos usados no enfrentamento da Covid-19


A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira (9), nas cidades de São Luís e São José do Ribamar, no Maranhão, a Operação Cobiça Fatal. A ação tem como objetivo desarticular uma associação criminosa que fraudava licitações com o intuito de desviar recursos públicos federais que seriam usados no enfrentamento do novo coronavírus.
Segundo as investigações, foram verificados indícios de superfaturamento na compra de 320.000 (trezentos e vinte mil máscaras) máscaras pela Secretaria Municipal de Saúde de São Luís – SEMUS, no valor unitário de R$ 9,90.
Considerando que o preço médio praticado no mercado nacional é de R$ 3,17, tem-se um superfaturamento aproximado de R$ 2.306.600,00.
A operação conta com cerca de 60 policiais federais da Superintendência Regional do Maranhão. São cumpridos três mandados de prisão temporária, e 14 mandados de busca e apreensão. As ordens judiciais foram expedidas pelo juiz da 1ª Vara Federal de São Luís/MA. / Por: Marcelo Camargo/Agência Brasil 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();