Notícias

"Ele libera a praia, o prefeito interdita a orla", afirmou Neto após Bolsonaro acionar AGU contra medida de isolamento


O prefeito ACM Neto afirmou que "espera não ser verdade" a notícia de que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) avisou que a Advocacia-Geral da União está emitindo um parecer para liberar o uso de praias no Brasil. Durante coletiva remota, na manhã desta sexta-feira (05), Neto explicou que "caso seja, vai acontecer o mesmo que aconteceu com academias e salões, ou seja, nada!".
"Espero que não vá adiante com isso. O STF [Supremo Tribunal Federal] já decidiu que cabe a governadores e prefeitos decidir a respeito. Ele libera a praia, o prefeito interdita a orla. Como é que a pessoa chega na praia? Quem perde com isso são as pessoas. Não interditei a orla, as pessoas estão fazendo suas atividades. É uma loucura estar vivendo uma situação dessas. Só passamos por tudo isso porque desde o início Bolsonaro adotou essa postura. Se ele tivesse aberto o diálogo, não estaríamos assim, estamos fazendo isolamento à moda brasileira. A gente está aqui tentando cuidar da vida das pessoas e o presidente falando essas loucuras... não dá!", avaliou o prefeito.
Segundo o presidente, a decisão será publicada entre esta sexta-feira (5) e o sábado (6). 

 Por: Dinaldo Silva/ BNews 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();