Notícias

"Ela deixou meu filho ir para a morte", diz mãe de menino que estava aos cuidados da patroa e morreu após cair de prédio


Mirtes Renata, mãe do menino Miguel Otávio, de 5 anos, que morreu ao cair do 9º andar de um edifício de luxo no Recife após ela descer para passear com o cachorro dos patrões, disse que a patroa não teve paciência para ficar com o garoto.
"A primeira e única vez que confiei meu filho a ela, ela deixou meu filho ir para a morte. Ele era uma criança inocente. Não tinha noção de perigo, ele queria a mim, só queria a mãe dele. Ela não teve um pingo de paciência", afirmou Mirtes em entrevista ao programa Encontro com Fátima da TV Globo.
Miguel Otávio Santana da Silva tinha sido deixado pela mãe no apartamento sob os cuidados da patroa, Sarí Gaspar Côrte Real, esposa do prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker (PSB), que tinha dito para Mirtes descer do edifício para passear com o cachorro. No apartamento, estava também a manicure da empregadora. A primeira-dama de Tamandaré foi presa em flagrante por homicídio culposo, mas pagou R$ 20 mil de fiança e foi liberada.
"O caso do meu filho não vai ser esquecido. A Justiça vai ter que ser feita", disse Mirtes. 

 Por: Redação BNews

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();