Notícias

“Se você conhecer fornecedor para me entregar respirador amanhã, eu pago R$ 160 mil”, diz Rui Costa


O governador Rui Costa (PT) fez um apelo para tentar encontrar fabricantes de respiradores, essenciais para equipar leitos de UTI para pacientes com o novo coronavírus. Em coletiva com jornalistas do extremo-sul da Bahia nesta quinta-feira (7), o petista negou que tenha pago R$ 160 mil por respirador, informação que voltou a circular nos últimos dias nas redes sociais e WhatsApp.
No entanto, disse que se fosse preciso, desembolsaria o valor necessário para que vidas sejam salvas.
“Se você conhecer algum fornecedor que tenha respirador para me entregar amanhã, eu pago 160 mil, porquê 600 vidas humanas não tem preço, não é por causa de 10, 20, 30 mil, que não vou salvar 600 pessoas”, garantiu o governador.
Propositor da Lei Anti-Fake News, que prevê punição para quem criar e compartilhar notícias falsas na internet, Rui acusou a informação de ser mais uma das fake news contra o Governo. 
“Um falando que recebi R$ 600 milhões [do Governo Federal], outro que o estado comprou respiradores muito mais caros que outros estados. Infelizmente até o dia de hoje, não conseguimos finalizar nenhuma compra”, 
No dia 10 de abril, uma reportagem da Valor Econômico identificou que o Governo da Bahia encomendou 300 respiradores, logo após um carregamento ter ficado retido nos Estados Unidos, e para isso teria gasto um “valor exorbitante” de R$ 160 mil por unidade.
Segundo Rui, no entanto, o valor real do respirador que o governo tentou comprar era de US$ 18 mil - cerca de R$ 80 mil - nas duas compras.  / Por: Reprodução/YouTube

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();