Notícias

Mulher que jogou filha recém-nascida em rio é presa após 13 anos do crime


A pós 13 anos, a Polícia Civil de Minas Gerais realizou a prisão da mulher, 37 anos, por matar a filha recém-nascida, em setembro de 2007. A criminosa, condenada a 16 anos de prisão, foi encontrada em casa, no bairro Jardim Industrial, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte.  
De acordo com a publicação do R7, a mulher ficou presa por cerca de um ano e dois meses, na época em que o crime foi cometido. Depois disso foram expedidos dois mandados judiciais determinando a prisão da criminosa.
Ainda de acordo com o portal, a mulher foi encaminhada para o sistema prisional e encontra-se à disposição da Justiça.
O crime 
A investigada jogou o bebê, ainda com cordão umbilical, no Ribeirão de Arrudas. Na ocasião, a vítima ainda foi encontrada com vida, mas resistiu por causa de uma infecção generalizada. 
Conforme a delegada Elisa Moreira, da Delegacia Especializada de Homicídios em Contagem, a criminosa afirmou que a criança era fruto de uma gravidez indesejada, mas que está arrependida. 
Por: Divulgação / PC-MG  Por: Redação BNews

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();