Notícias

Ministro Marco Aurélio Mello pede saída de Weintraub


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello afirmou ter assistido com "perplexidade" o vídeo da reunião minesterial do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com ministros no último dia 22 de abril.  No encontro, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, chegou a chamar os ministros do STF de "vagabundos" e que todos deveriam ir para a cadeia. 
"Tudo lamentável, ante a falta de urbanidade. Fiquei perplexo. O povo não quer 'circo'. Quer saúde, emprego e educação (...) Fosse o presidente (da República), teria um gesto de temperança. Instaria o Ministro da Educação a pedir o boné. Quem sabe?", disse Mello ao Estadão. 
O decano do STF, Celso de Mello viu no contéudo do vídeo uma aparente "prática criminosa" na conduta do ministro da educação. Segundo ele, a fala de Weintraub  foi "aparentemente ofensivo ao patrimônio moral e à Corte".  / Por: Nelson Jr./SCO/STF  Por: Redação Bnews

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();