Notícias

Data do Enem pode mudar, diz presidente do Inep


A aplicação das provas presenciais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão previstas para 1º e 8 de novembro, mas, de acordo com o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep), Alexandre Lopes, é possível que uma nova data seja agendada. O assunto, no entanto, pontuou Alexandre, deve ser discutido em uma outra ocasião devido a pandemia do novo coronavírus. As inscrições para as provas foram abertas nesta segunda-feira (11). Os candidatos devem fazer o cadastro no site oficial da prova até 22 de maio. 
"O argumento que colocamos em juízo é que a data [do Enem] pode até vir a ser alterada, mas não é agora o momento de se discutir isso. Mais próximo da data da realização da prova é que a gente vai poder, se necessário, alterar a data.", disse o presidente do Inep durante entrevista à CNN Brasil nesta segunda (11). 
Estudantes de todo país criticam a data de realização das provas. Alguns afirmam se sentir prejudicados já que as aulas nas redes de ensino público e privada foram suspensas, além do funcionamento dos espaços públicos como as bibliotecas. A preocupação é maior para os mais pobres.
"A gente fala dos alunos da escola pública, mas também temos que lembrar dos alunos das escolas privadas cujo pai perdeu o emprego ou o negócio foi à falência e o aluno teve que sair da escola privada", disse.  /Por: Antonio Cruz/Agência Brasil 

Nenhum comentário