Notícias

Anarriê: Já é São João na Bahia? Entenda o motivo da mudança no feriado


“Pense num absurdo, na Bahia tem precedente”. A frase, dita pelo ex-governador baiano, Octávio Mangabeira, no início da década de 50, poderia muito bem ser usada para descrever esta segunda-feira, dia 25 de maio de 2020, que acabou virando feriado de São João, por conta de um vírus que teve o primeiro surto na China. 
O fato é que nem aqui, nem na China, ninguém imaginava que o São João seria em maio, porém, a história inusitada, que não foi pensada nem pelos livros de Jorge Amado ou João Ubaldo Ribeiro, fez os baianos tirarem a camisa quadriculada do armário e atualizarem a playlist de forró.
O motivo da reviravolta no calendário é garantir mais um dia de isolamento social durante a pandemia do novo coronavírus. Para isso, o governador Rui Costa sancionou uma lei, no último sábado (23), que mudou o feriado de São João, que seria comemorado no próximo dia 24 de junho, para esta segunda-feira (25). A mudança gerou diversas brincadeiras nas redes sociais e muita gente correu para preparar os quitutes juninos.
Como se não bastasse o acorde antecipado da sanfona, na terça-feira (26), foi decretado o feriado do Dois de Julho, dia em que se comemora a Independência da Bahia. Pela primeira vez na história não terá cortejo, nem fogo simbólico, nem as tradicionais imagens da cabocla e do caboclo. A luta, dessa vez, não será contra as tropas portuguesas, mas, contra um inimigo invisível, que já tirou a vida de 460 baianos, até a noite deste domingo (24).
Na quarta-feira (27), será a vez de mais uma viagem no tempo. O feriado de Nossa Senhora da Conceição da Praia, comemorado tradicionalmente no dia 8 de dezembro, também foi adiantado pelo prefeito de Salvador, ACM Neto. Sem direito a procissão e alvorada de fogos, a santa foi convocada antecipadamente também para ajudar a manter os soteropolitanos em casa. 
O objetivo de todo rebuliço cronológico é diminuir a taxa de transmissão do coronavírus para cerca de 5%, evitando assim um colapso no sistema de saúde. Se tudo na Bahia tem precedente, que seja também no combate ao vírus, mostrando que essa fogueira baiano também sabe pular. 

Por: Ilustrativa  Por: Aina Kaorner

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();