Notícias

Advogada bolsonarista processa Doria por não usar máscara em entrevista


O advogada Patrícia Ferreira Bassetto de Castro entrou na Justiça contra o governador João Doria (PSDB) acusando-o de ter contrariado o decreto que estabeleceu a obrigatoriedade do uso de máscaras no estado de São Paulo. O decreto foi assinado pelo governador no dia 4 de maio.
De acordo com a coluna do Rogério Gentile, da Folha, na ação, a advogada apresenta um vídeo de uma entrevista coletiva concedida pelo tucano no dia 11 de maio no Palácio dos Bandeirantes. Doria chega de máscara, mas a retira segundos antes de começar a falar ao microfone.
“Pode o Governador infringir o próprio decreto?”, pergunta a advogada Patrícia, que nas redes sociais demonstra apoiar o presidente Jair Bolsonaro, compartilhando publicações de atos contra o governador Doria e em defesa da flexibilização do confinamento social.
A juíza Maria Gabriella Pavlópoulos Spaolonzi, da 13ª Vara da Fazenda Pública, aguarda a posição do Ministério Público antes de tomar uma decisão a respeito. O governador ainda não se manifestou sobre o assunto. /Por: Governo do Estado de São Paulo 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();