Notícias

“A inconsequência do governo Bolsonaro está patenteada”, afirma Coronel sobre demissão de ministro


O senador da Bahia, Angelo Coronel (PSD), foi ácido em sua crítica ao comentar o pedido de demissão do ministro da Saúde, Nelson Teich. O médico, que estava descontente com a pressão exercida por Jair Bolsonaro na pasta, confirmou sua saída nesta sexta-feira (15).
Para o pessedista, a situação mostra “inconsequência” do governo que diante da pandemia do novo coronavírus troca, mais uma vez, o chefe de um posto estratégico. 
“Com esse temperamento de Bolsonaro, de se achar o sabe tudo, nenhum ministro de sã consciência, do compromisso do juramento com a medicina e salvar vidas vai querer ficar nesse governo. Aguentam até o limite e chega o momento que saem. A inconsequência do governo Bolsonaro está patenteada. Precisamos urgentemente procurar nos unir para colocar o Brasil no rumo certo, pois se não ficarmos sem saber onde vamos parar”, afirmou ao BNews.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();