Notícias

Prefeitos se revoltam com novas recomendações de Rui e suspendem restrições de prevenção ao coronavírus; assista



A fala do governador da Bahia, Rui Costa (PT), em uma transmissão do YouTube na manhã desta quinta-feira (26) tem causado revolta em uma série de prefeitos do interior. O petista recomendou aos alcaides que determinassem a reabertura do comércio, não fechassem rodovias de acesso ao perímetro urbano e só tomassem medidas gradativas quando houvessem suspeitas de casos de coronavírus. 
Rui, corroborado pelo secretário da Saúde, Fábio Villas Boas, no tom da sugestão, acredita ser desnecessário tomar esse tipo de atitude quando não há casos confirmados. Essa fala do governador, inclusive, teve repercussão nacional. 
”Nos municípios que não tenham casos confirmados não vejo sentido em fechar feiras livres. O que a gente precisa é tomar cuidado. É aumentar os espaços entre feirantes, mudar a feira, ou espalhar a feira por vários espaços na cidade. Porque o agricultor precisa vender . A mesma coisa vale para o comércio”, sugeriu.
O BNews conversou com alguns chefes dos Executivos de cidades interioranas e recebeu prints de conversas em grupos de Whatsapp os quais demonstram a desaprovação da recomendação dada pelo petista. Alguns já suspenderam suas ações e outros insinuam jogar no colo do governador possíveis contaminações que possam ocorrer nos municípios de agora em diante.
A tradução do sentimento para alguns é a de trabalho jogado fora. A declaração de Rui caiu como uma bomba e agora é confrontada aos elogios recebidos nos últimos dias. 
O BNews tentou contato com presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD), prefeito de Bom Jesus da Lapa, mas não teve as ligações atendidas.  
Um exemplo é o prefeito de Fátima, Manoel Messis, conhecido como Sorria (PT), que gravou um vídeo para a população da cidade com a determinação de suspender as medidas restritivas, após acatar o pedido do governador. O político também cita recomendação do governo federal. No município, com 18.524 habitantes de acordo com o IBGE, não há registro de contaminação da Covid-19.  /Por: Fernando Vivas/ GOVBA

Nenhum comentário