Notícias

Coronavírus: Saiba o que fecha a partir desta quarta-feira em Salvador


Entram em vigor nesta quarta-feira (25) as novas medidas adotadas pela prefeitura de Salvador para conter o avanço do coronavírus. Está suspenso por 15 dias o funcionamento de casas de shows e espetáculos, boates, danceterias, salões de dança, casas de festas e eventos, clínicas de estéticas e salões de beleza.
Poderão funcionar com restrições os bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniência localizadas em postos de combustíveis. Se tiverem estrutura e logística adequadas, esses comércios só poderão fazer entrega em domicilio e oferecer a retirada de bebidas e alimentos prontos e embalados para serem consumidos fora desses estabelecimentos. 
Quem descumprir essas determinações, poderá sofrer penalidades, a exemplo da cassação de licença de funcionamento. O objetivo da gestão municipal é proibir aglomerações em ambientes de grande circulação de pessoas, reduzindo o risco de crescimento do coronavírus.  
Outra medida adotada é a suspensão de qualquer atividade sonora na cidade, por 15 dias, em logradouros públicos e estabelecimentos particulares. A apreensão imediata dos equipamentos utilizados para emissão sonora é uma das sanções para quem for flagrado descumprindo a determinação.
Também estarão fechados a partir desta quarta os mercados administrados pela prefeitura que não vendem produtos de primeira necessidade. São eles: mercados municipais de Itapuã, Cajazeiras, Bonfim, Liberdade e das Flores (Largo Dois de Julho).   
O prefeito ACM Neto também determinou a proibição de obras civis em condomínios já habitados, inclusive aquelas em andamento, exceto as emergenciais. As academias em condomínios não poderão funcionar, incialmente, por 15 dias.
Outras medidas
Nos templos religiosos, só poderão ser realizados eventos e reuniões com até 50 pessoas. Deverá ser observada a distância mínima de dois metros entre os fiéis. A instituições que descumprirem essas regras podem ter o alvará cassado. 
Desde o último sábado (21), shoppings centers, centros comerciais e praias também foram fechados, inicialmente, por 15 dias. Escolas, universidades, autoescolas, academias, parques e equipamentos culturais já tinham interrompido o funcionamento, cumprindo as determinações do governo para enfrentar o coronavírus.  /Por: Divulgação 
 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();