Notícias

Para cobrar fidelidade a Bolsonaro, ministro lista cargos e emendas liberadas


O ministro Luiz Eduardo Ramos (Governo) tem se reunido com líderes de partidos para cobrar fidelidade dos que exigem do governo o cumprimento de promessas. Ramos apresentou a caciques o valor liberado para emendas e o número de cargos ocupados no governo.
Segundo a coluna Painel da Folha de S.Paulo, dirigentes dizem não reconhecer as indicações -- o DEM, dos presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia (RJ) e Davi Alcolumbre (AP), por exemplo, seria o partido que mais emplacou nomes. "Não estou sabendo. Por mim deve demitir todo mundo", afirmou Rodrigo Maia ao Painel. /Agência Brasil 
  

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();