Acidente de trabalho: sete pessoas morrem por mês no estado Bahia

Foto: Reprodução/Empresa Segura
Os operários Ronério Silva dos Santos, de 35 anos e Geovani Silva dos Santos, de 17 anos, mortos durante a queda de um elevador no bairro do Corredor da Vitória, na manhã de segunda-feira (18), entraram para a estatística de vítimas fatais em acidentes de trabalho.
Segundo dados do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, enviados ao bahia.ba, nos últimos três anos foram registradas 265 mortes de pessoas no ambiente de trabalho. Ou seja, a cada mês sete trabalhadores morrem em serviço na Bahia.
Somente em Salvador, entre os anos de 2012 e 2017, foram registrados 26.331 acidentes de trabalhos. As ocorrências em destaque são corte, laceração, ferida contusa, punctura, contusão, esmagamento, fratura e torção.
Segundo o Observatório, que é vinculado ao Ministério Público do Trabalho (MPT), as atividades econômicas mais frequentes envolvidas são de atendimento hospitalar, de Correio e construção de edifícios. *Bahia.Ba

Nenhum comentário