As mais recentes

Salvador: Bandidos se entregam e libertam reféns em posto de saúde; três suspeitos morrem em confronto


Quatro suspeitos armados fizeram 16 pessoas, entre funcionários e pacientes, reféns após invadir o Centro de Saúde Osvaldo Caldas Campos, localizado no bairro de Santa Cruz, em Salvador, na tarde desta segunda-feira, 10.
Os reféns, que estavam em poder dos suspeitos desde as 16h, foram liberados às 19h15, após mais de 3 horas. Os criminosos exigiram ao Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) a presença da imprensa para libertar os funcionários e pacientes. Ninguém ficou ferido.
Dos quatro homens detidos, dois foram identificados como Caíque Silva Cerqueira, de 19 anos, e Danilo Santos, 21. Caíque relutou em entregar o único refém que mantinha em um dos cômodos na unidade. A mãe e a irmã dele estiveram no local para pedir ao jovem que se entregasse. As outras vítimas ficaram em outro cômodo sob a ameaça de três criminosos.
Após se entregarem, os suspeitos foram encaminhados para a Central de Fralgantes. Eles devem ser autuados por cárcere privado, porte de arma e tráfico de drogas.
Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), os homens entraram na unidade de saúde ao fugir de policiais das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico durante confronto no Nordeste de Amaralina. O grupo é suspeito de integrar uma quadrilha de tráfico de drogas que atua no bairro.
A SSP informou ainda que três criminosos foram mortos no tiroteio. Um policial ficou ferido. Ele foi atingido apenas na mão, mas passa bem. Não há informações sobre seu o estado de saúde. Quatro armas utilizadas pelo grupo foram apreendidas.
Roubo
Um dos suspeitos que morreu em confronto, cujo nome não foi revelado, foi morto após invadir uma residência, antes mesmo de chegar ao centro de saúde. Ele ainda chegou a roubar uma quantia de R$ 2 mil e um celular que estavam dentro da casa. (A Tarde)

Nenhum comentário