Tatá lamenta morte de amigo de infância no Rio: ‘Meu primeiro amor’

Foto: Reprodução/Twitter
A atriz e apresentadora Tatá Werneck sentiu na pele os efeitos das chuvas que atingem o Rio de Janeiro desde a última quarta-feira (7). Por meio do Instagram, a atriz fez homenageou um amigo de infância, Mário Salles de Lucena, uma das vítimas do temporal que atingiu a cidade.
O rapaz, que estava no ônibus que foi soterrado na Avenida Niemeyer, estudou com Tatá na época de escola e foi seu namorado na infância: “Meu primeiro namoradinho”.
“Hoje vendo o Jornal Nacional, além de toda a tristeza de ver tanta gente perdendo tudo, vendo tanto despreparo para sermos socorridos em momentos como esse (eu por exemplo dormi num carro no JB pq não conseguia voltar- mas isso não se compara em nada com o que muitas pessoas viveram ontem e eu sinto muito), mas o fato é que pelo JN vi que meu primeiro amor, de criança, meu primeiro namoradinho da escola e amigo desde então, era uma das duas vítimas do ônibus atingindo pelo deslizamento”, escreveu ela em sua conta no Instagram. *Bahia.Ba
Veja aqui:

Visualizar esta foto no Instagram.
Hoje vendo o Jornal Nacional , além de toda a tristeza de ver tanta gente perdendo tudo , vendo tanto despreparo para sermos socorridos em momentos como esse (eu por ex dormi num carro no JB pq não conseguia voltar- mas isso não se compara em nada com o que muitas pessoas viveram ontem e eu sinto muito) …mas o fato é que pelo JN vi que meu primeiro amor, de criança , meu primeiro namoradinho da escola e amigo desde então , era uma das duas vítimas do ônibus atingindo pelo deslizamento. Queria prestar uma homenagem a você, Marinho. Uma pessoa doce, de coração bom, filho único, amado, com dois filhos , esposa, que levava uma vida simples e deixa mta tristeza . Nossa infância foi linda e doeu mto receber essa notícia . Beijos pra minha amiga amada @ninalucena , pra sua mãe Perla que tanto cuidava do Marinho e amava. Parece que o mundo está pedindo socorro pra nós. Que a natureza esta sufocada. E pedindo socorro e sufocados nos sentimos tb.
Uma publicação compartilhada por Tata Werneck (@tatawerneck) em 

Nenhum comentário