Lula decide não ir a São Bernardo após liberação do STF

Foto: Ricardo Stuckert/ Fotos Públicas
Foto: Ricardo Stuckert/ Fotos Públicas
O ex-presidente Lula decidiu não ir a São Bernardo do Campo encontrar parentes, após ser autorizado pelo ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF).
O corpo de Genival Inácio da Silva, o Vavá, irmão do petista, foi enterrado no ABC paulista pouco depois de ser divulgada a decisão de Toffoli, de acordo com o G1.
“É lamentável que a decisão só tenha saído a essa hora. É totalmente inviável. Não era pra vir ver o corpo do Vavá, era para falar com a família. O Lula com muita dignidade agradeceu, mas não vem, não faz sentido mais”, afirmou o ex-ministro Gilberto Carvalho.
Em entrevista em frente à sede da Polícia Federal em Curitiba, onde Lula está preso desde abril, o advogado Manoel Ferreira reforçou que a decisão de Toffoli foi tardia e declarou que “seria um vexame” o ex-presidente se submeter a tal.
Nesta terça-feira (29), a defesa do petista solicitou a liberação da Justiça para ele comparecer ao velório do irmão.
*Bahia.Ba

Nenhum comentário