“Antes de escolher uma trabalho, pergunte a Deus como você pode servi-lo naquela carreira”



O renomado pastor e autor Tim Keller tem uma ampla experiência em ministrar a diferentes tipos de audiência em diferentes partes do mundo. Em uma participação recente no programa de rádio online do ministério Desiring God, o líder evangélico fez um apelo aos jovens cristãos.
“Antes de escolher uma trabalho, pergunte a Deus como você pode servi-lo naquela carreira”, defendeu Keller, ensinando que toda atividade profissional pode ser vista como o cumprimento de uma missão.  Testemunhando sobre as diferentes conversas que teve com jovens ao longo dos anos, relatou: “Eu vi muitas pessoas com empregos que realmente não se eram para elas. Muitos fazem coisas que não se encaixam muito bem em seus talentos, e mesmo assim continuam porque eles lhes trazem algum destaque”.
O renomado pastor e autor Tim Keller tem uma ampla experiência em ministrar a diferentes tipos de audiência em diferentes partes do mundo. Em uma participação recente no programa de rádio online do ministério Desiring God, o líder evangélico fez um apelo aos jovens cristãos.
“Antes de escolher uma trabalho, pergunte a Deus como você pode servi-lo naquela carreira”, defendeu Keller, ensinando que toda atividade profissional pode ser vista como o cumprimento de uma missão.  Testemunhando sobre as diferentes conversas que teve com jovens ao longo dos anos, relatou: “Eu vi muitas pessoas com empregos que realmente não se eram para elas. Muitos fazem coisas que não se encaixam muito bem em seus talentos, e mesmo assim continuam porque eles lhes trazem algum destaque”.
Para Keller, o ideal é que as pessoas pudessem responder a si mesmas: “O que posso fazer e como posso ser útil a outras pessoas através do meu trabalho?”. Depois disso, olhar para o trabalho como uma missão divina, pois “todo bom trabalho bem feito é o chamado de Deus”.
O pastor explicou que o entendimento cristão da vocação é “se você produz um produto que torna a vida das pessoas melhor, mesmo que não seja um processo sempre animador, está fazendo o trabalho de Deus”.
“Você está cuidando da criação de Deus. Você está servindo as necessidades das pessoas”, enfatizou, lembrando que a cultura secular promove a ideia de que o trabalho é algo se baseia apenas em satisfação pessoal e um bom salário.
“Fazer apenas o necessário para sobreviver demonstra a falta de um caráter legitamamente evangélico”, advertiu Keller. “O Evangelho ajuda a torná-lo grato, torna-o humilde, dá-lhe paz interior, torna-o generoso em seu espírito. Se você simplesmente não mostrar todas essas coisas no trabalho, significa que não está realmente deixando o evangelho mudar o coração do jeito que deveria.”
Uma pesquisa realizada em 2018 pelo Instituto Barna encontrou indicadores positivos de que as pessoas que professam a fé em Cristo estão vivendo suas convicções enquanto estão no trabalho. Segundo o levantamento, 82% dos cristãos “estão convictos que devem agir com ética, falar a verdade e 74% dizem que deveriam “demonstrar moralidade (72%)”.


*Gospel Prime


Nenhum comentário