SAJ: PF prende quatro empresários por fraudes em licitações . Um foi preso em casa no bairro da Urbis 4

Duas operações, Sombra e Escuridão e Elymas Magnus, foram deflagradas simultaneamente nesta terça, 6, para cumprimento de 50 mandados de buscas; prejuízos aos cofres públicos são estimados em R$ 34 milhões, no período de 2015 a 2017, no âmbito de contratos de obras, locação de veículos e transporte escolar em Santo Antônio de Jesus e maus 23 cidades do Sul e Baixo Sul da Bahia.
Em Santo Antônio de Jesus policiais federais prenderam quatro empresários suspeitos de envolvimento nos esquemas de fraudes em licitações. Os nomes ainda não foram divulgados. 
Os prejuízos estimados aos cofres públicos chegam a R$ 34 milhões, no período de 2015 a 2017, no âmbito de contratos de obras e locação de veículos e transporte escolar.
Os mandados são cumpridos ainda nas cidades de Aurelino Leal, Camamu, Ibirapitanga, Igrapiúna, Ilhéus, Itabela, Itabuna, Ituberá, Ubaitaba e Ubatã. As investigações referentes à Operação Sombra e Escuridão começaram o há pouco mais de um ano. Havia suspeitas de sócios de duas empresas sediadas em Igrapiúna, que, além de participarem de licitações e recebido vultosos pagamentos de diversos municípios – em contratos de obras, locação de veículos e transporte escolar – eram também beneficiários do programa Bolsa Família, do Governo Federal.
Ainda segundo a PF, foi possível identificar também que outra organização criminosa, com liderança e integrantes diversos, agia em conluio com a primeira, para, da mesma forma, fraudar licitações em prefeituras do interior baiano.  (Andaiá FM)