Reforma da Previdência deve ser tocada por próximo governo, diz presidente do Senado

Foto: Divulgação
O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), afirmou nesta terça-feira (6) ver muita dificuldade em o Congresso aprovar algo da reforma da Previdência ainda em 2018.
“A reforma tem que ser encaminhada pelo presidente eleito, por sua equipe, traduzindo qual o sentimento que vem das ruas”, afirmou Eunício, segundo a Folha de São Paulo.
Em entrevista recentes, Jair Bolsonaro (PSL) disse acalentar a esperança de que algo da reforma fosse aprovado ainda na gestão de Michel Temer (MDB). Ele citou como exemplo uma leve alteração na idade mínima para aposentadoria.
Eunício, que não foi reeleito e deixa o Senado em janeiro, afirmou que alterações na Constituição devem ser feitas com parcimônia para que ela não se transforme em uma colcha de retalhos.
“É preciso paciência.”
As declarações de Eunício foram dadas na chegada ao Congresso, onde ele participa, ao lado de Bolsonaro e de outras autoridades, de sessão comemorativa dos 30 anos da Constituição. (Bahia.Ba)