Aplicativos de paquera usam inteligência artificial para achar o par perfeito

Foto: Reprodução
Tem dúvidas sobre qual local escolher para o primeiro encontro ou em que dar "match"? Aplicativos de namoro estão usando inteligência artificial para sugerir quais os melhores locais para conhecer o pretendente, recomendar o que dizer e até encontrar um parceiro que se pareça com sua celebridade favorita.
Para combater o crescente cansaço de procurar perfis em vão, o setor de encontros on-line está recorrendo à inteligência artificial (IA) para ajudar a organizar encontros na vida real e assumir a função de uma espécie de "treinador de namoro".
Esses novos usos da inteligência artificial — a ciência de programar computadores para reproduzir processos humanos como pensamento e tomada de decisão — por aplicativos de namoro foram destacados no Web Summit, que terminou nesta quinta-feira, dia 8, em Lisboa.
A eHarmony, pioneira em namoro on-line, anunciou que está desenvolvendo um recurso habilitado para inteligência artificial, que incentiva os usuários a sugerirem que se encontrem pessoalmente depois de bater papo no aplicativo por algum tempo.
— Há muita atividade em aplicativos de namoro, mas, em geral, não há muitos encontros — disse o CEO da eHarmony, Grant Langston, durante o encontro anual de tecnologia: — Os caras não sabem como perguntar. É realmente surpreendente quantas pessoas precisam de ajuda, e achamos que podemos fazer isso de forma automatizada.
O aplicativo de namoro britânico Loveflutter planeja usar a inteligência artificial para analisar as conversas entre seus usuários para determinar sua compatibilidade e sugerir quando eles devem se encontrar.
— Vamos enviar uma mensagem dizendo: "você está se dando muito bem, por que você não vai a seu primeiro encontro?" — anunciou o co-fundador da Loveflutter, Daigo Smith.
O aplicativo Loveflutter já sugere lugares para ir em um primeiro encontro que são equidistantes das casas de ambas as pessoas, usando informações do Foursquare, um aplicativo que ajuda os usuários de smartphones a encontrar restaurantes, bares e clubes nas proximidades.
— Isso ajuda a tirar a pressão de organizar um primeiro encontro — disse Smith.
O fundador da Tinder, Sean Rad, disse que a IA "criará melhores experiências para o usuário" e previu que o assistente de voz Siri, do iPhone, agirá no futuro como um casamenteiro.
Sugestão de encontro
Um aplicativo de namoro totalmente operado por voz, chamado AIMM, que usa inteligência artificial para espelhar um serviço de matchmaking humano, já está sendo testado em Denver (EUA), onde tem cerca de mil usuários.
Quando você abre o aplicativo, uma voz suave faz perguntas sobre o que você gostaria de fazer em uma data ou onde gostaria de viajar.
Em seguida, sugere correspondências adequadas com base em sua personalidade. Depois de ter escolhido um que você gostaria de conhecer, o aplicativo informa sobre eles.
Depois de vários dias, o aplicativo ajudará a configurar um horário para uma ligação telefônica entre você e sua correspondência — e dará conselhos sobre sua primeira data com base no que sabe sobre a outra pessoa.
O aplicativo também lembrará o usuário de fazer, durante o encontro, perguntas sobre as coisas que são importantes para ele.  (ibahia)