Noite violenta: Entregador de pizza e uma mulher são mortos a tiros no interior baiano

Imagem Ilustrativa

homens encapuzados invadem casa e matam mãe na ausência do filho, horas antes entregador de pizza é morto a tiros no mesmo Bairro.
O clima de apreensão que continua pairando sobre a cidade de Brumado, acabou se agravando ainda mais com a confirmação do segundo homicídio que foi registrado na noite desta segunda-feira (17) em Brumado. A nova vítima foi uma mulher identificada como, Terezinha Meira Lima, de 51 anos, a qual foi morta com tiros, na Rua Tambor da Soledade, no bairro do Mercado.
A equipe do 97NEWS que está de prontidão colheu junto a Polícia, algumas informações preliminares que dão conta que a vítima foi assassinada com dois tiros no peito. Segundo testemunhas, dois homens encapuzados invadiram a residência, por volta das 22h50m e, executaram a mulher que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Populares disseram ainda à Polícia que os assassinos bateram na porta da residência e a mulher abriu e, já foi alvejada por disparos. Vizinhos também relataram que os dois homens usavam capuz branco e, agiram com uma motocicleta.
Horas antes um mototaxista foi morto com vários tiros, e uma mulher também foi atingida na perna. O entregador de pizza de nome Luciano da Silva, 32 anos, foi morto também na noite desta segunda-feira (17), horas antes de matarem a dona de casa de 51 anos, à margem da linha férrea, na Rua Antônio Jorge Cerqueira, no Bairro Dr. Juracy, em Brumado. Informações preliminares colhidas pelo site Achei Sudoeste apontam que a vítima foi abordada por dois homens em uma motocicleta e atingida por vários disparos de arma fogo.
A Polícia Civil apura se há alguma ligação com as duas mortes,os dois crimes  ocorreram no mesmo bairro, algumas horas antes. Informações, ainda não confirmadas pela Polícia, dão conta de que o alvo seria o filho da vítima, porém, na ausência do mesmo, os bandidos tiraram a vida da mãe, o que mostraria a crueldade dos mesmos. Diante destes dois episódios, o discurso defendido por algumas autoridades policiais de que Brumado é uma cidade pacata cai por terra, pois matar a mãe de uma pessoa, por vingança, rivalidade, acerto de contas, ou seja lá o que for, mostra o quanto a violência está implacável na cidade. (SN Notícias /Achei Sudoeste / Radar Guanambi / 97 News)