Funcionária que criticou Bolsonaro é demitida do Hospital Albert Einstein, foi demitida por justa causa

Foto: Reprodução/TV Globo
A funcionária do Hospital Albert Einsten que fez críticas ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) através do Facebook foi demitida nesta segunda-feira (10).  O atual deputado federal foi transferido para uma unidade de saúde depois de ser esfaqueado em um ato de campanha realizado na cidade de Juíz de Fora, em Minas Gerais, na última quinta-feira (6). No dia seguinte, sexta (7), a funcionária postou uma foto do candidato à presidência e escreveu: “Vou ter que usar máscara de oxigênio para não correr o risco de respirar o mesmo ar”. Para explicar a demissão, o Hospital Albert Einstein disse que a conduta da mulher “não condiz com os valores e crenças” da instituição. Já a funcionária, Elcimar Coelho Marques, disse, também em seu perfil no Facebook, que foi demitida por justa causa, embora tenha pedido demissão em maio para fazer um curso remunerado. (Bahia.Ba)