Filho de Bolsonaro posta simulação de tortura a apoiador do #elenão

Foto: Reprodução/ Instagram
Um dos filhos do candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), o vereador Carlos Bolsonaro (PSC), usou o Instagram para ironizou a simulação de tortura a uma pessoa que usou a hasthtag #elenão, contrária à candidatura do presidenciável.
Carlos publicou no Instagram a imagem de um homem com um saco plástico na cabeça, simulando que estava ensaguentado e com a boca aberta. O “torturado” está com os braços amarrados e no peito.
A imagem ainda traz a frase “sobre pais que choram no chuveiro”, que circula nas redes sociais como uma crítica aos homossexuais, cujos pais teriam “vergonha” da orientação sexual dos filhos.
Carlos Bolsonaro publicou a imagem no stories do Instagram e identificou a origem da imagem como do usuário “direitapvh”. Na foto original, a foto está acompanhada da hashtag #elesim e o número da candidatura de Bolsonaro.
A publicação do vereador ironiza a campanha contrária a Bolsonaro, que se fortaleceu nas redes sociais por iniciativa de mulheres e atrai presidenciáveis. No sábado, os manifestantes críticos ao candidato do PSL devem fazer protestos em várias cidades do país, inclusive em Salvador, no Campo Grande.
Bolsonaro e seus filhos políticos são apologia ao coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, que comandou o DOI-Codi em São Paulo e foi reconhecido pela Justiça como um torturador no período da ditadura militar.
Outro filho de Bolsonaro, o deputado estadual  Flávio Bolsonaro compartilhou nas redes sociaisum funk que compara feminista a cadela. (Bahia.Ba)
Carlos Bolsonaro usou o Twitter para tentar justificar a publicação:

Novamente inventam como se eu tivesse divulgado uma foto dizendo que quem escreve a hashtag mereceria alguma maldade. Não, canalhas! Foi apenas a replicação da foto de alguém que considera isso uma arte. Me agradeçam por divulgar e não mintam como sempre! Segue a verdade: