Avião com 101 pessoas cai no México; todos sobrevivem

Um avião da companhia Aeroméxico caiu cinco minutos após decolar da cidade de Durango, na região central do México. Segundo informou o governador do estado, José Ramón Aispuro pelo Twitter, não há mortes.
Aispuro havia informado mais cedo ao jornal El Sol de Durango que 80 pessoas ficaram feridas. Não há informações sobre o estado de saúde dessas pessoas.
De acordo com o secretário de Comunicações e Transportes do México, Gerardo Ruiz Esparza, a aeronave levava 97 passageiros e quatro membros da tripulação.
O avião da Aeroméxico AM2431 decolou do Aeroporto Internacional Guadalupe Victoria, em Durango, às 15h09 (17h09, horário de Brasília) para a Cidade do México, onde deveria aterrizar às 16h50 (18h50, horário de Brasília). A aeronave é um Embraer E190, da empresa Aeroméxico Connect.
Com base em relatos de pessoal de segurança do aeroporto, o jornal El Financieroinformou que o avião se chocou com um objeto logo depois de decolar, que o levou à queda.
Por meio do Twitter, o presidente do México, Enrique Peña Nieto, determinou que três áreas de seu governo – a Secretaria de Defesa Nacional, a Coordenação Nacional de Proteção Civil e a Secretaria de Comunicações e Transportes – tratem do acidente em Durango.
Também pelas redes sociais, a companhia Aeroméxico afirmou que tomou conhecimento do acidente e está trabalhando para reunir mais informações. (Veja.com)