Policial civil é morto a tiros no conjunto Salvador Lyra, em Maceió

(Foto: Divulgação / Polícia Civil)


Um policial civil identificado como Aloisio Barbosa de Lima foi morto a tiros, na noite desta quarta-feira (30), no conjunto Salvador Lyra, parte alta de Maceió.
Segundo informações da Polícia Civil, o agente Aloisio Lima foi morto após reagir a um assalto. Na fuga, o criminoso levou a arma da vítima.
Uma equipe do Serviço de Atendimento médico de Urgência (Samu) ainda chegou a ser acionada para a ocorrência, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu antes de receber socorro.
Diante da tragédia a Delegacia Geral da Polícia Civil emitiu uma nota de pesar. 

Confira abaixo anota na íntegra:

NOTA DE PESAR

É com profundo pesar que a Delegacia Geral da Polícia Civil comunica a morte do Agente de Polícia, Aloisio Barbosa de Lima, ocorrido na noite desta quarta-feira (30). A instituição está de luto. É um golpe que atinge a todos os integrantes da PC alagoana.
Informações inicias dão conta de que o policial civil reagiu a um assalto e foi atingido no conjunto Salvador Lyra, em Maceió.
Desde que tomou conhecimento do fato, o delegado-geral determinou que todas as medidas fossem adotadas com o objetivo de localizar e prender os responsáveis pelo assassinato do agente Aloisio.
A Delegacia Geral acionou, e estão nas ruas para localizar e prender os criminosos, policiais civis de diversas unidades da PC, a exemplo do Núcleo de Inteligência da Delegacia Geral, Asfixia, Oplit, Tigre, GIGD, Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, Deic, GPJ 1, diretores da instituição e policiais civis de diversos setores, na busca aos culpados. Até policiais que estavam de folga se engajaram na ação para a prisão dos responsáveis pela morte do agente.
“Aos familiares de Aloisio Barbosa manifestamos total solidariedade, e reafirmamos o compromisso profissional na busca de prender os culpados pelo crime”, disse o delegado-geral Paulo Cerqueira.
O agente Aloisio tinha 31 anos na Polícia Civil de Alagoas.  Fonte: G1