Comerciários de SAJ protestam contra abertura das lojas no domingo, 24. Sindicato denuncia ‘exploração’

Trabalhadores usaram cartazes e faixas para demonstrar insatisfação

Em um ato simbólico que aconteceu na noite de ontem, segunda-feira (18/6), na Praça Padre Mateus, em Santo Antônio de Jesus, os  trabalhadores protestaram contra a abertura das lojas no domingo  (24/6) durante os festejos juninos, além da carga horária excessiva durante  meses festivos e o reajuste salarial da categoria.
A presidente do Sindicato dos Comerciários, Anatàlia Mercês,  denunciou, em entrevista ao Tribuna do Recôncavo, que houve um acordo para os comerciários trabalharem em junho e dezembro até às 19h, ‘mas algumas lojas estão explorando os funcionários’. “Alguns tem folga escalada, outros não. Várias empresas não estão dando folga, nem pagando hora extra. Tem gente que tá começando a trabalhar às 8h da manhã até às 20h da noite com meia hora de almoço, sem saber que dia vai folgar”, denunciou Anatália Mercês.
A presidente do Sindicato dos Comerciários denunciou ainda que o reajuste salarial dos comerciários era para ter saído no dia 1º de março, reclamou da abertura do comércio no próximo sábado (23/6) o dia inteiro, e funcionamento dos supermercados no domingo.
Foto/ Reprodução: Tribuna do Recôncavo