Na corrida pela popularidade, Temer mira em população evangélica

Foto: AFP Getty Images

Com o auxílio do ex-ministro e pastor Ronaldo Nogueira (PTB), o presidente Michel Temer (MDB) se concentra na aproximação com o público evangélico em busca de popularidade e de votos em caso de uma possível candidatura à reeleição.
Segundo a coluna do Estadão, o chefe do Palácio do Planalto pretende cooptar 23,8 milhões de fiéis, sobretudo religiosos apoio da Assembleia de Deus e da Igreja Universal.
Para isso, o emedebista participará de uma série de eventos com as igrejas nos próximos meses com o objetivo de associar as ações dele à frente da presidência com os valores defendidos pelas instituições, como à retirada da “ideologia de gênero” da base curricular do MEC.
Fonte: Bahia.ba