‘Rússia convocará reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU’, diz Putin

Na nota, Putin diz ainda que “a atual escalada em torno da Síria é destrutiva para todo o sistema de relações internacionais. A história vai acertar as coisas, e Washington já tem a pesada responsabilidade pela indignação sangrenta na Iugoslávia, no Iraque e na Líbia”.
A Embaixada da Rússia em Washington protestou contra os ataques conjuntos de EUA, França e Reino Unido ao que seriam instalações do programa de armas químicas da Síria. Moscou acusou os países ocidentais de ameaçarem Damasco e seu próprio governo.
“Nossos avisos foram ignorados”, protestou em nota a Embaixada da Rússia nos EUA. “Um cenário pré-desenhado está sendo implementado.” “Insultar o presidente da Rússia é inaceitável e inadmissível. Os EUA – donos do maior arsenal de armas químicas – não têm moral para culpar outros países”, continuou.
No comunicado, o embaixador Anatoly Antonov adverte que “estas ações não ficarão sem consequências. Toda a responsabilidade cai sobre Washington, Londres e Paris.”
(BA Cidade)