Preso por morte de comerciante é solto e capturado horas depois com metralhadora na Bahia


Um homem que estava preso há quatro meses por envolvimento na morte de um comerciante no bairro do Uruguai, em Salvador, recebeu liberdade provisória na manhã desta quinta-feira (19) e foi capturado pela Polícia Militar horas depois, em posse de uma metralhadora 9mm. A informação foi divulgada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA). De acordo com o órgão, João Batista Neto foi encontrado na Rua Lígia Bonfim, no bairro de Coutos, no subúrbio, após denúncias anônimas de que havia homens armados no local. A metralhadora achada com ele é de uso exclusivo das Forças Armadas e da Polícia Federal. Outras quatro pessoas que estavam com João foram presas: Alexandre dos Santos Vilas Boas, Douglas Rafael Marques Pereira, Ana Paula Sousa Silva e Luana Rosa dos Santos. Com o grupo, também foram apreendidos meio quilo de maconha (tablete e trouxas), cartuchos e munições de diversos calibres, além de uma balança. O grupo e todo o material foi encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil. O grupo e todo o material foi encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil. 

(G1 BA)