Mulher comete suicídio após disparar tiros na sede do YouTube na Califórnia


Uma mulher efetuou disparos com arma de fogo na sede do YouTube na Califórnia, nos Estados Unidos, nesta terça-feira (3), e depois se matou.
De acordo com o chefe da polícia de San Bruno, Ed Barberini, quatro pessoas baleadas foram encontradas no prédio e estão sendo tratadas em hospitais da região. Uma delas, que de acordo com a Fox News era namorado da atiradora, está em estado crítico.
Uma designer do YouTube relatou em sua conta no Twitter que viu gotas de sangue nas escadas: "Fui retirada com as mãos para cima. Estou com outras pessoas. Não acho que o atirador tenha sido encontrado. Eu vi gotas de sangue nas escadas enquanto subia. Estou tremendo. Isso é surreal. Espero que meus colegas estejam bem".
"Estou dentro de outro prédio com colegas. Há helicópteros. Tem vários policiais por perto. Eu não acho que o atirador tenha sido encontrado. Se você escutar que ele foi pego, me avise. Estou segura por enquanto, mas não me sentirei segura até que seja encontrado", postou ela em outro tuíte.
I got evacuated outside with my hands up. I’m with other people. I don’t think the shooter’s been found that I know of. I saw blood drops on the stairs I walk up everusay. I’m shaking. This is surreal. I hope my colleagues are okay.
I am behind another building with colleagues. There are helicopters. There are lots of police nearby. I don’t know if the shooter has been found. If you hear they’ve been found, tell me. I’m safe for now, but don’t feel safe until they’ve been found.
O Google emitiu um comunicado: "Situação no YouTube. Estamos coordenando com as autoridades e forneceremos informações oficiais do Google e do YouTube assim que estiverem disponíveis".
Re: YouTube situation, we are coordinating with authorities and will provide official information here from Google and YouTube as it becomes available.


(Fonte: Rede TV)