SAJ: "É uma violência ao trabalhador”, diz secretária do Sindicato dos Comerciários sobre abertura do comércio na 'Sexta-feira Santa'


A ‘Sexta-feira Santa’ é vista para a maioria dos cristãos católicos como um momento de estar com a família, um momento de reflexão, além de ser um dos feriados mais respeitados pelos segmentos comerciais, porém a secretária do Sindicato do Comerciários de Santo Antônio de Jesus, Anatália Mercês,  informou, indignada, em entrevista cedida à Rádio Andaiá FM, nesta terça-feira (27), que os supermercados da cidade funcionarão o dia inteiro na próxima sexta-feira (30). “Todo ano a gente sempre fechou um acordo para domingo e feriados, em relação aos feriados com os supermercados, e esse ano eles não querem fechar nenhum acordo, ou seja, a ‘Sexta-feira Santa’ que todo ano os supermercados fecham, esse anos ele disseram que não vão fazer acordo nenhum e que vão colocar pra funcionar livremente o dia todo. Aí já tem empresa grande, multinacional, que chega na cidade e levam o recurso do município, essa que é a realidade, mas eles não conseguem entender dessa forma, e essas empresas estão dizendo que vão funcionar na sexta o dia todo. Os outros mercados que são menores dizem: ‘Poxa, se os outros vão abrir, infelizmente eu vou ter que abrir’, só que é aquela história, isso para nós é uma violência ao trabalhador”, afirmou a secretária.  Segundo a secretária, as leis municipais permitem que os mercados sejam abertos nos feriados, mas que há uma busca de diálogo por parte do Sindicato para resolver o que ela chamou de injustiça social.  (Voz da Bahia)